quarta-feira, fevereiro 08, 2006

casualidades

"O homem que arrancou do pesar o prazer"

- Não sei qual foi o autor desta frase fabulosa. Que não fui eu disso tenho a certeza. Depois de dar de olhos com ela não podia passar à frente sem ver que homem tinha sido capaz disso. Porque, eu acho, há tanto pesar no mundo em que estamos, quase todos, a TENTAR viver, que, 'arrancar' prazer de algo que nos rodeia e nos entristece, para usufruir de um pouco dele... vamos em frente... vamos arrancá-lo... e saboreá-lo...

Hei-de voltar a este tema para dizer o nome desse homem fabuloso.

maqira

6 comentários:

Coxi disse...

Muito giro!!
Parabéns..

XT moveis e acessorios artesanais disse...

TU ESCREVES LAAAAARGO!!!!!!!!!BEM SE VÉ DE QUEM ÉS MAE!!!!!!!!

GRAÇA PAZ

XT moveis e acessorios artesanais disse...

A SENHORA esta moderna a brava Sabia lÁ eu que tinha uma Sogra assim.

Parabens XITO

Anónimo disse...

a sra escreve muito bem, devia pensar em escrever as suas memórias, k tal??

maqira disse...

Para escrever as minhas memórias tenho de descer fundo à minha cave mental pois astá tudo bem lá no fundo. E... sou um pouco preguiçosa

Anónimo disse...

Depois de várias tentativas, com passos seguidos "à risca", ditados por ti, acabei por encontrar os teus blogs. Isto, por vezes, acontece comigo, também. Vejo-me e desejo-me, para abrir os meus. Procurarei saber porquê, ou qual o erro que cometo ...
Bem, Maria Adelaide, se não tomasse em consideração o facto de saber que por detrás de tantas almas, se encondem grandes escritores, eu dir-me-ia surpreendida. Mas eu não tomo isso em consideração e digo-te o seguinte: Sempre te achei uma pessoa de grande talento, inteligência e sensibilidade, portanto, não posso dizer-te que me surpreendeu o que li, mas que me "deliciou", ISSO SIM!
Desejo-te força para não parares de escrever pois haverá, tal como eu, muitas pessoas que sentirão essa sensação "doce" que eu senti quando li o que escreveste.
Beijinhos.
Letra